Flamengo × na web de torcedores da Flamengo.
Flamengo
A rede social de torcedores do
Flamengo

Bandeira vê acordo avançado por Maraca; rescisão na Ilha prevê multa ao Flamengo

Zico Por Zico

em 09-05-2018 às 10:41

bandeira de mello flamengo
bandeira de mello flamengo

O Flamengo acerta os últimos ponteiros com o Consórcio Maracanã para levar uma proposta ao Conselho Deliberativo. Os conselheiros do clube aprovaram na noite dessa terça-feira o balanço de 2017, em continuação da reunião suspensa no último dia 27 de abril. Para o presidente Eduardo Bandeira de Mello, qualquer resultado diferente no encontro "seria absurdo".

Em texto publicado no site do Flamengo, Bandeira e o vice-presidente de gabinete, Pedro Almeida, destacaram os números positivos das contas do ano passado, com arrecadação recorde (R$ 648,7 milhões) e queda de 23% do endividamento líquido (agora em R$ 334 milhões).

Bandeira considera que os resultados administrativos serão alavancas para a "solução definitiva de estádio" para o clube, seja como concessionário do Maracanã ou na construção do estádio próprio. Em entrevista na saída da reunião na Gávea, Bandeira admitiu que o acordo a longo prazo com o Maracanã, revelado pelo GloboEsporte.com, está próximo.

- É uma negociação que está avançando, mas qualquer coisa vai depender da aprovação do Conselho Deliberativo. Se a gente vier a assinar alguma coisa, vai ser com cláusula de eficácia. Ou seja, ele só vale com a aprovação do Conselho Deliberativo - disse Bandeira ao GloboEsporte.com.

Questionado sobre um acordo de quatro anos próximo do fim da gestão do governador Luiz Fernando Pezão, que ainda não fez a nova licitação para o estádio, e da própria administração Bandeira no Flamengo, o presidente garantiu que qualquer assinatura vai proteger o clube.

 
Maracanã recebe a iluminação vermelha em jogos do Flamengo (Foto: Divulgação / Flamengo)

Maracanã recebe a iluminação vermelha em jogos do Flamengo (Foto: Divulgação / Flamengo)

- Qualquer acordo vai ter que ser superprotegido. Nosso jurídico aqui é campeão, então vai ter todo tipo de salvaguarda para qualquer situação que acontecer no futuro. Inclusive, se for aberta nova licitação, seja no governo Pezão, seja no próximo governo, o Flamengo é candidato a ser concessionário do Maracanã - reafirmou Bandeira.

O Flamengo ainda estuda o cenário. Isso por que a rescisão unilateral do contrato de três anos assinado com a Portuguesa prevê multa ao Rubro-Negro. O investimento total no estádio Luso-Brasileiro beirou os R$ 20 milhões - aos R$ 12 milhões orçados inicialmente somou-se R$ 7,5 milhões pela obra do canal fluvial que passava pela área do campo do clube da Ilha.

- Isso (sair da Ilha) ainda não está resolvido. Tudo está sendo avaliado, mas tenho certeza que será resolvido da melhor maneira possível - afirmou.

Reunião com representante da oposição

Em meio ao clima político do ano eleitoral, Bandeira alfinetou, sem citar nomes, opositores que questionaram as contas na suspensão da reunião do balanço. Para ele, o encontro da última terça-feira foi "normal", comparado ao de duas semanas atrás.

- Provavelmente é o melhor balanço de um clube brasileiro em todos os tempos e, talvez, da América do Sul e do hemisfério Sul. Seria um absurdo reprovar essas contas. Mas, muitas vezes, interesses políticos e até outros tipos de interesses se sobrepõem, mas a maioria esmagadora dos conselheiros provou que é Flamengo de verdade e aprovou o balanço.

Com a maioria dos pares por perto na saída da reunião - o Conselho Diretor, desta vez, compareceu em peso, com os vices de futebol (Ricardo Lomba), de patrimônio (Alexandre Wrobel), entre outros -, Bandeira comentou o encontro que teve com Rodolfo Landim, cotado como candidato da Chapa Verde, que enfrentou a Chapa Azul nas últimas eleições. À época, o candidato derrotado foi o ex-aliado Wallim Vasconcellos. A conversa foi notícia na coluna "Marina Caruso" no jornal "O Globo".

 
Rescisão no acordo com a Portuguesa pela cessão do Luso-Brasileiro prevê multa (Foto: André Durão)

Rescisão no acordo com a Portuguesa pela cessão do Luso-Brasileiro prevê multa (Foto: André Durão)

- Foi uma conversa cordial. Estou sempre disposto a receber e conversar com qualquer pessoa que preencha os mínimos requisitos de educação e urbanidade, então foi conversa cordial. Agora, em momento nenhum ficou estabelecido algum tipo de apoio para a eleição, algum tipo de acordo - assegurou o presidente do Flamengo.

O principal grupo de apoio a Bandeira, o SóFla, ainda se movimenta na política rubro-negra para sustentar candidatura própria, com o vice de futebol, Lomba, e o vice de gabinete, Pedro Almeida, como nomes mais destacados. Bandeira evita adiantar nomes e falar em apoio na eleição de dezembro.

- Temos até setembro para lançar a chapa. Tenho certeza que será lançada uma chapa que vai garantir a continuidade dessa política. Agora, até o momento não tem absolutamente nada. Não prometi apoio a ninguém. Não tem nada de certo quanto a isso.

* Gustavo Henrique é repórter da Rádio Globo

Fonte: globoesporte
Sua comunidade,
no seu celular
1 VOTOS

Obrigado/a por colaborar conosco. Comprovaremos a notícia denunciada e atuaremos em conseqüência.

Novos comentários

Deseja participar desta seção?

- Se você já está registrado, entre.

Se ainda não está registrado em maiortorcida.com: